primar

Etiqueta e convivência em condomínios

Confira algumas regras de etiqueta e boa convivência para usufruir a infraestrutura de seu condomínio da melhor forma

Área com piscina, churrasqueira, salão de festas, academia, horta, pomar, playground para crianças, área para pets, cinema, áreas de recreação e cozinha gourmet. Essas são algumas das áreas disponíveis em diversos condomínios e megacondomínios, com o objetivo de aumentar a qualidade de vida e as possibilidades de lazer e entretenimento. Mas, e quando centenas de pessoas querem utilizar esses espaços comuns ao mesmo tempo? Como administrar o uso dessas áreas comuns? Ou ainda, como manter essa infraestrutura em boas condições para uso e usufruto dos condôminos?

Em matéria publicada no Extra, Carlos Samuel Freitas, advogado especialista em direito imobiliário, presidente da Associação Brasileira das Administradoras de Imóveis (ABADI) e presidente da PRIMAR comenta que respeitar a individualidade do outro e preservar o ambiente comum a todos é um dos pontos mais importantes quando se trata a convivência em condomínios.

Para que as áreas comuns não se transformem locais perigosos ou de estresse e evitar situações que possam resultar em advertências ou até mesmo em multas, confira a seguir, algumas dicas que o especialista dividiu com a redação do portal.

Atenção às regras

É comum que espaços como salão de festas ou churrasqueiras – que exigem agendamentos prévios – restrinjam o uso do local ao horário do silêncio (entre às 22h e às 6h). Conservar a limpeza do local também é importante.

“O condômino que está se responsabilizando pelo uso daquela área deve cuidar dos seus convidados, para que, depois, uma sanção por alguma atitude inconveniente não recaia sobre ele” — ressaltou Freitas em entrevista ao Extra.

Em salas de jogos e quadras, por exemplo, verifique as regras de uso de terceiros antes de convidar os amigos. Já em espaços com piscina é importante se certificar se há restrições sobre o uso de protetores e bronzeadores. Para manter a qualidade da água, não é incomum que condomínios tenham regras rígidas para o uso desses produtos – assim como para o consumo de alimentos e bebidas – nas dependências de piscinas.

Outro ponto de atenção em áreas de grande circulação é a segurança, principalmente de crianças: “Na hora de dar um mergulho, a pessoa tem que ter cuidado para não machucar outros banhistas. E, claro, respeitar o decoro em relação aos trajes de banho”, reforçou o presidente da PRIMAR.

Um bom exemplo de regras de etiqueta é a academia de ginástica. Se em academias externas os alunos precisam guardar e higienizar os equipamentos após o uso, por que seria diferente em um estúdio dentro de um condomínio? “Todo condomínio tem uma convenção e um regulamento interno, que disciplinam o que pode ou não ser feito nessas áreas de convívio”, enfatizou Freitas.

Deixar o local como estava antes de se utilizar o espaço, manter a higienização e prezar pela integridade das infraestruturas são regras básicas para uma boa convivência entre vizinhos.

>> Leia a matéria na íntegra: https://extra.globo.com/noticias/economia/castelar/condominio-confira-regras-de-etiqueta-para-areas-de-uso-comum-rv1-1-24087751.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s